• Lampião a Gás

Paula Azzar, reinventando-se!


Paula Azzar é produtora, jornalista e atualmente tem feito lives em seu canal no youtube trazendo informações e debates pertinentes em nossos dias nas áreas filosofica, politica e comportamental. Conheça um pouco mais sobre dua vida nesta entrevista concedida ao Lampião a Gás.


Lampião a Gás: Olá Paula, é um grande prazer estar falando com você! Em primeiro lugar fale sobre você e seus trabalhos aos nossos leitores.

Paula Azzar: O prazer é todo meu. Eu sou jornalista há pouco mais de trinta anos. Durante uma parte desse tempo vinha alternando meu trabalho entre redações de televisão, produtoras e bandas musicais. Nesse último ano investi na minha agência de notícias, a De Olho no Mundo, e deu super certo. Hoje, ela tem vários projetos e um deles é a fundação da Agência Uruk, que foi programada para trabalhar somente com redes sociais e lives . Tenho um outro projeto que está saindo do forno, o canal “Best in Show”, que vai trabalhar com cinofilia e criadores de cães responsáveis.


LAG: Paula você é produtora, já trabalhou em televisão e com muitas bandas e músicos. Fale-nos um pouco da diferença entre esses trabalhos mesmo ambas sendo um cunho artístico?

Paula: Trabalhei com muitos músicos, shows e com programas de televisão. Os dois tem sinergia com o público e com o imediatismo. A grande diferença é que em um palco você sente a energia da plateia e a TV é mais fria, o feedback, quando há, é mais demorado.


LAG: Qual os maiores desafios para quem se aventura no ramo de entretenimento?

Paula: Entender que nem sempre você consegue trabalhar com o gênero musical, ou com o programa de televisão que gosta. E ok, tudo bem! A grande sacada é perceber que o que faz é importante para alguém. Não precisa ser você!



LAG: Com qual músico ou artista você trabalhou mais?

Paula: Trabalhei com vários, e em algumas épocas, ao mesmo tempo. Da artista gaúcha Annie Perec, da gravadora Eldorado a bandas como Barão Vermelho e Rosa Mística. Também trabalhei com grandes músicos como Skowa, Alaor Neves, Geraldinho Vieira, Flavio Martins (ele acabou falecendo em um acidente de carro). Épocas que trabalhei com produtoras como a Sunshine, fiz showsmícios com vários artistas, entre eles, Chitãozinho e Xororó, Roberta Miranda, Raça Negra, enfim, grandes shows. Alguns artistas acabei ficando amiga pessoal, como o Tim Maia.


LAG: Muitos dizem que a TV aberta está perdendo espaço para outros veículos e outros formatos, qual a sua opinião sobre isso?

Paula: A mídia não é estática e as pessoas estão percebendo isso. Há menos egoísmo na comunicação e espaço pra todo mundo. As super produções estão perdendo espaço para produções criativas e bem mais baratas.


LAG: Muitas pessoas estão se descobrindo em lives todos os dias. Na sua opinião, está seria uma saída para a evasão do público em shows e espetáculos, ou está é apenas uma opção momentânea?

Paula: Era uma solução para o momento que agora está se transformando em um nicho maravilhoso. Com elas as pessoas estão sacando que a tecnologia não pode e nem deve ser mais importantes que o talento e profissionalismo. Mais oportunidades para talentosos...


LAG: Você tem feito um excelente trabalho, focado nas lives, com excelentes entrevistas. Você gosta dessa "novidade" imposta pela pandemia?

Paula: Adorando. Tem muita gente boa no mercado e são pontos de vista que podem tomar novos contornos e sem a pressão dos veículos de comunicação.


LAG: Como você enxerga a situação das pessoas que vivem da arte e que hoje, tem que se adaptar a este "novo formato" e angariar novos públicos e seguidores em seus programas e shows dentro das mídias sociais?

Paula: Tem que arregaçar as mangas porque é muito trabalho. Tem espaço prá todo mundo. Coragem, galera!!!!


LAG: Como você lida hoje com essa questão das redes sócias e qual seria o seu conselho para que se faça um bom uso dessas novas mídias?

Paula: Acontece uma coisa nas redes sociais que acho horrível. São pessoas que por discordarem de pontos de vista dos outros saem agredindo as pessoas. Quando faltam argumentos elas vão pro ataque no campo pessoal. Gente, por favor, não há democracia sem debates. Respeite a posição e opinião do próximo. Discordar faz parte da vida! Sem mimimi de mimado (risos)...

E outra coisa, cuidado pra não fazer papel de fofoqueiro. Não saiam falando mal das pessoas nem disseminando fake News. Procurem checar as informações antes de repassá-las.


LAG: Muito obrigado pela entrevista, agora o espaço é seu para suas considerações finais e para deixar um recado os nossos leitores.

Paula: Mais amor e responsa e se inscrevam e acompanhem minhas lives pelo YouTube.


Serviço:

www.youtube.com/paulaazzar

https://linktr.ee/PaulaAzzar


Por: Claudio Tiberius - em 30/07/2020

As opiniões expressas nesse site são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião de seus editores.

​© 2020 por JP Carvalho - JPGraphix para Lampião a Gás - Todos os direitos reservados.

Endereço para correspondência: Rua Sebastião Gonçalves, 41 - Imirim - São Paulo - SP - CEP: 02466-123