• Lampião a Gás

Projeto Coyote Vive, uma homenagem a uma vida de luta!


Criado em janeiro de 2017, o Projeto Coyote Vive foi elaborado em memória ao "Último Homem Preto" brasileiro que trilhou pelo caminho da luta contra a desigualdade racial e brilhantemente, nos deixou um legado em forma de arte e cultura, no sentido mais refinado da palavra.


Nascido Edmilson Quirino dos Reis, se tornou Coyote, como foi apelidado, era e sempre será um guerreiro à frente do seu tempo que servirá como exemplo para todas as gerações afrodescendentes pelo teor vibrante de suas obras, de seus pensamentos e principalmente, de suas atitudes.


Não importa onde você estiver, sempre que ligar o som do carro ou da sua casa e ouvir um Rap, Soul ou Samba de Raiz, ele vai estar lá.


Mas se preferir pegar um livro com a história dos Black Panthers ou uma revista com conteúdo sobre o Almirante Negro, com certeza o "Último Homem Preto" estará ali, vivo, presente em todas a manifestações Afro pelo mundo afora.


Mas se você decidir ir a fundo e tenha um pouco mais de tempo dirija-se ao Centro de Culturas Negras do Jabaquara, em São Paulo, entre no auditório e vislumbre a magnitude de sua obra nas paredes pintadas com carvão, em uma demonstração estonteante dessa técnica aprimorada por ele mesmo, estando lá, procure fazer um minuto de silêncio e reflita sobre o mundo em que você vive e no mundo que você gostaria de deixar para seus filhos e netos, garanto a você que esta será uma experiência inesquecível!


Coyote Vive! Aqui e acolá, pelos quatro cantos da maior cidade do Brasil, quem nunca encontrou com ele a noite sozinho à caminhar?


Como descreveu Mano Brown de maneira resumida prestando as últimas condolências ao gênio: "Um homem reservado de ideias, opiniões fortes e bem definidas" e também "artista, mente pensante, militante, manifestante por natureza”. E por tudo isso, após sua partida, que o Projeto Coyote Vive nasceu!


O projeto visa e tem foco nas artes, na cultura e nos estudos, buscando sempre nortear, apoiar, orientar e acolher a população afrodescendente e todos os demais membros das comunidades por onde passa.


Este projeto tem sua sede e a maioria de suas atividades e eventos na Zona Sul da cidade de São Paulo, onde são organizadas ações, atividades e atendimentos a população através de oficinas presenciais, além de centro de estudos, pesquisas e palestras, oProjeto Coyote Vive também atua de forma ativa em outras cidades e estados, sempre de forma gratuita.


Onde são abordados temas afrodescendentes, através de mesas de debates e conversas, oficinas infantis e adultas, apresentações artísticas, atendimento social ao público presente, não importando a idade. Todos esses trabalhos e ações não tem fins lucrativos e buscam o atendimento à população, sem distinção.


Informações:

www.facebook.com/coyotevive

www.instagram.com/coyotevive


Por: JP Carvalho - Em 28/07/2020

As opiniões expressas nesse site são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião de seus editores.

​© 2020 por JP Carvalho - JPGraphix para Lampião a Gás - Todos os direitos reservados.

Endereço para correspondência: Rua Sebastião Gonçalves, 41 - Imirim - São Paulo - SP - CEP: 02466-123